Paralimpíadas: Brasil fecha primeiro dia de competições com 4 medalhas

O Brasil fechou o dia de competições da Paralimpíadas de Tóquio com 4 medalhas conquistada na natação: uma de ouro com Gabriel Bandeira, uma de prata, com Gabriel Geraldo, e duas de bronze, com Daniel Dias e Phelipe Rodrigues.

A primeira medalha do Time Brasil nos Jogos foi conquistada durante a madrugada por Geraldo, nadando os 100m costas da classe S2. O nadador fechou a disputa na segunda colocação e a medalha de prata ao completar com o tempo de 2min02s47.

paralimpiadas

Pouco depois, Bandeira ganhou o primeiro ouro brasileiro em Tóquio ao vencer os 100m borboleta da classe S14 (para atletas com deficiência intelectual) em 54s76, com direito a recorde paralímpico da prova.

Destaque da nova geração de nadadores do Brasil, Bandeira se tornou o primeiro atleta paralímpico brasileiro a conquistar um ouro na natação brasileira além do fenômeno Daniel Dias e de André Brasil.


“Gostei bastante da minha prova. O tempo não foi o meu melhor, mas levando em consideração tudo que aconteceu comigo [de ficar em quarentena forçada já no Japão por conta de um caso de Covid-19 na delegação], isso me ajudou na parte mental para que fizesse uma boa prova”, declarou Bandeira.

Por falar em Daniel Dias, ele também subiu ao pódio em Tóquio ao conquistar sua 25.ª medalha em Paralimpídas. Maior referência da natação brasileira paralímpica, ele conquistou o bronze nos 200 m livre masculino da classe S5.

O primeiro dos três dias de finais da natação nas Paralímpiadas rendeu mais uma medalha de bronze com Phelipe Rodrigues que completou a prova dos 50m livre da classe S10 na terceira posição, com o tempo de 23s50.

 

Fonte: CNN Brasil