Gavião: PM prende parte da quadrilha suspeita de roubar carros na BR-324

Na noite da última quinta-feira, 30, policiais da 91ª Companhia Independente da Polícia Militar conseguiu prender, na cidade de Gavião, parte da quadrilha que andava aterrorizando as pessoas que trafegavam na BR-324, no trecho entre as cidades de Tanquinho e Capim Grosso.

Vários casos de veículos roubados estavam sendo relatados pelas vítimas que ficavam em estado de choque devido à violência dos criminosos.

Os policiais militares de serviço na cidade de Gavião estavam fazendo rondas quando no posto de combustível da cidade observaram que os ocupantes de um veículo TOYOTA/COROLLA branco, placa OKL-7700, estavam em atitude suspeita e ao consultar a placa foi verificado que o veículo apresentava restrição de roubo. De imediato procederam com a abordagem e encontraram um Revólver calibre .38 de marca Rossi, municiado com 05 cartuchos, lacres e arames utilizados em emplacamento de veículos e dois pares de placas referentes a dois automóveis, dentro de uma mochila no interior do Corolla.

Ao consultar as placas foi verificado que pertenciam a um CHEVROLET/CELTA e a um TOYOTA/COROLLA, mas não apresentavam nenhuma restrição, contudo os detidos revelaram que planejavam roubar veículos com essas características e, na sequência, trocariam as placas originais pelas adulteradas.

Ainda segundo a PM, os suspeitos também informaram que um CHEVROLET/CELTA já havia sido roubado e já estava em Feira de Santana aguardando a placa.

Havia também entre os objetos encontrados no veículo a chave do quarto de um hotel, situado em Feira de Santana, sendo revelado pelos conduzidos que no quarto havia uma arma de fogo.

Policiais da 91ª CIPM entraram em contato com policiais militares da 64ª CIPM / Feira de Santana, os quais encontraram no quarto do hotel um revólver, documentos de veículos, um notebook e celulares.

Apesar dos crimes dessa quadrilha terem ocorrido fora da área de responsabilidade da 91ª CIPM / Capim Grosso, já que estavam ocorrendo em rodovia federal, os policiais militares, imbuídos pelo dever de proteger o cidadão, extrapolaram sua esfera de atuação prendendo esses malfeitores contribuindo com promoção da paz da sociedade.

Todos os envolvidos e os objetos foram apresentados na Delegacia de Polícia de Jacobina para as medidas cabíveis.

Informações: 91ª CIPM

Deixe um comentário