Morador de Jacobina tem mandado de prisão expedido em operação nacional contra pedofilia

A Polícia Civil realizou nesta quinta-feira, 28 de março, a prisão de 137 pessoas na operação de combate à pedofilia, em 133 cidades de 26 estados do Brasil. Um morador de Jacobina ainda não identificado teve o seu mandado de prisão expedido.

Os alvos foram identificados pela inteligência cibernética do Ministério da Justiça, junto com a Polícia Civil de cada Estado, através de informações coletadas na internet. Mais de 230 mil arquivos foram analisados em 710 gigabytes, na Quarta Fase da Operação Abuso na Infância, que começou em 2017.

Além de serem flagrados armazenando vídeos e conteúdos em computadores, celulares e câmeras, os presos também produziam material pornográfico com crianças e adolescentes. De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA os envolvidos se condenados poderão cumprir de 1 a 8 anos de prisão.

Segundo o G1, na Bahia dos oito alvos além de Jacobina, quatro foram em Salvador, dois em Lauro de Freitas e um de Guanambi. Os suspeitos alvos de mandados de busca e apreensão, todos do sexo masculino, não tiveram identidades divulgadas, porque, segundo a Polícia, o envolvimento deles nos crimes ainda é investigado.

 

 

Fonte: Augusto Urgente!