Jovem acusada de anunciar massacre em escola é conduzida para a delegacia de Miguel Calmon

Nesta quarta-feira, 13 de novembro, após investigação e denúncias anônimas, a Polícia Militar conduziu uma jovem não identificada da zona rural para a Depol da cidade de Miguel Calmon, suspeita de ter gravado áudios que circulou em grupos de WhatsApp de toda região, anunciando um atentado contra alunos do Colégio Clariézer Vicente dos Anjos da referida cidade.

No áudio, a voz diz: "Estou anunciando um massacre no Colégio Clariézer Vicente dos Anos, nesta quarta-feira, todos irão morrer", deixando muitos pais e alunos apreensivos.

No período da manhã pelo menos metade dos alunos não compareceram no colégio temendo um ataque. Na oportunidade o Sgtº Moreira do 4° Pelotão da Polícia Militar esteve no colégio e conversou com os presentes, tranquilizou-os, orientando seguir a rotina de aula normal e que todas as medidas necessárias foram e estão sendo adotadas no sentido de garantir a segurança de toda população.

 

Fonte: Calmon Notícias