Preso jovem que mantinha mulher e filho em cárcere privado há 8 meses

Um jovem, identificado como William Guimarães de Oliveira, 28 anos, foi preso em flagrante na tarde do último sexta-feira, 08, por manter a namorada, de 18 anos, e filho, de três anos, em cárcere privado durante oito meses, no bairro Jardim das Margaridas, em Salvador.

William mantinha as vítimas em cômodos separados e os alimentava a cada dois dias. Os detalhes da prisão de William foram dados pela titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), de Periperi, que reuniu a imprensa para falar sobre o caso.

“Ambos eram submetidos a sessões diárias de espancamento”, informou a delegada à imprensa local. Os maus tratos só foram descobertos quando a mãe da criança conseguiu pegar o celular de William e enviar fotos dos ferimentos para sua família.

No momento em que ele foi preso, os investigadores encontraram a chave do apartamento onde ele trancava as vítima. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), William tem passagens pela polícia por assalto a ônibus.

A delegada Claudenice Mayo, do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), que também participou da coletiva de imprensa, informou que mãe e filho foram acolhidos pela rede de assistência às vítimas de violência doméstica e estão recebendo atendimento psicológico.

William vai responder por tortura, cárcere privado, lesão corporal e por outros crimes cometidos contra a criança.

 

 

Fonte: A Tarde