Vereador tem prisão decretada por atuar em cartório clandestino em Senhor do Bonfim

Um vereador de Senhor do Bonfim, no Piemonte Norte do Itapicuru, teve a prisão preventiva decretada na tarde da última terça-feira, 7. Hermógenes Gomes de Almeida (PT) segue preso no 6° Batalhão da Polícia Militar nesta quarta-feira, 8. Depois, deve ser transferido para o Conjunto Penal de Juazeiro, no Sertão do São Francisco.

Almeida é acusado de estelionato, falsidade ideológica, falsificação de selo e de desobedecer a ordem judicial. Segundo sentença do juiz Teomar Almeida de Oliveira, o edil exercia ilegalmente a condição de representante em um cartório clandestino no distrito de Carrapichel.

Entre os documentos emitidos ilegalmente constam “certidões de casamentos, nascimentos, escrituras públicas; bem como a utilização de selos do Tribunal de Justiça da Bahia, de forma ilegal”. O Bahia Notícias procurou o gabinete do vereador que informou que não havia “nada a declarar” sobre a sentença.

Além do processo judicial, o vereador também responde a um processo administrativo aberto pela Corregedoria do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Foi a mesma Corregedoria que havia ordenado a desativação do cartório de Carrapichel em julho do ano passado.

 

 

Fonte: Bahia Notícias