Pé de Serra: Após liberar suspeitos da morte do casal, delegado diz que continua investigando

A Polícia Civil de Riachão do Jacuípe segue nas investigações para identificar o autor ou os autores do crime bárbaro no qual tirou a vida do casal Giovane e Letícia, moradores do povoado de Santo Agostinho em Pé de Serra (lembre AQUI).

Semana passada a polícia apresentou dois suspeitos do crime, mas segundo o delegado Danilo Andrade, por falta de provas e por não ter sido flagrante, os dois homens foram ouvidos e liberados, eles negam participação, porém seguem sendo investigados e suspeitos do crime. Na reportagem anterior a informação era de que um deles confessou e apontou um comparsa.

Nas redes sociais a comunidade de Pé de Serra e região clama por justiça. Esse é o segundo caso de duplo homicídio envolvendo casal que acontece na cidade. Em 23 de maio do ano de 2011, dois corpos carbonizados foram encontrados no porta-malas de um veículo, incendiado na região de Novo Ouricuri zona rural do município. O casal sequestrado na noite anterior, foi identificado por Fernando, 19 anos, e Vânia,21.

Após quase 10 anos do duplo homicídio, ninguém foi preso.

 

 

Fonte: Jacuípe News