Prefeitura de Araci alerta para risco de barragem se romper e provocar tragédia

A prefeitura de Araci, município da microrregião de Serrinha, recebeu um alerta da Defesa Civil do Estado sobre o risco de rompimento da barragem da Serra Branca, localizada na zona rural da cidade. Segundo o site Voz do Campo, o primeiro alerta à gestão municipal foi emitido logo após as fortes chuvas que atingiram a região no dia 20 de abril.

Equipes da Defesa Civil do Estado e da Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (CERN) estiveram no local para verificar a situação quando detectaram erosão no terreno em declive e uma espécie de infiltração na jusante, na parte traseira da barragem, onde corre o rio.

De acordo com a prefeita Keinha Jesus (PDT), a gestão já vem adotando algumas medidas para evitar o rompimento da barragem. “Neste primeiro momento, fomos recomendados a adotar algumas medidas para prevenção da barragem. Cortamos as árvores em cima da banca, iremos isolar a partir dos próximos dias o local, não será mais permitido trânsito de veículos de passeio, nem caminhões. Talvez somente pessoas a pé, moto e de bicicleta. Para isso já estamos preparando um desvio alternativo para manter a circulação dos veículos,” relatou ao portal Voz do Campo.

Ainda de acordo com Keinha, todos os moradores ao redor da barragem já estão cientes da situação e diante disso, o objetivo é prevenir uma tragédia. O secretário de Infraestrutura de Araci, João Paulo, também se pronunciou pedindo que a população não entre em pânico, já que o mais importante no momento é seguir as orientações dos especialistas.

“Quando verificamos de perto os problemas logo depois da chuva forte do dia 20/04 passamos para os especialistas toda a situação que pediu essas medidas. O que estamos adotando não é dizer que a barragem vai romper, mas são medidas preventivas,” alertou o secretário de Infraestrutura.

Equipes da Defesa Civil do Estado e da CERB devem comparecer ao local neste sábado (8), juntamente com a prefeita e o secretário para dar andamento ao laudo técnico de detalhamento do problema na barragem.

 

 

Fonte: a voz do campo