Capim Grosso: MPA ocupa embasa reivindicando água encanada para comunidades

Por volta das 09:00hs desta terça-feira, 31, o MPA (Movimento dos Pequenos Agricultores) iniciou o ocupação da sede da Embasa de Capim Grosso por tempo indeterminado.

A ação reivindica a água encanada a algumas localidades que foi acordada em uma reunião com o Governo do Estado através da SERIN e CERB em 2013. Inclusive já teriam ocorrido outras manifestações em 2016, que foram cessadas com a promessa de que as obras se iniciariam.

Outros ocupantes estão na sede de Senhor do Bonfim, e uma equipe se encontra em Salvador realizando uma reunião com o Governo do Estado a fim de chegar a um acordo.

As comunidades que receberiam a água encanada são: Fazenda Poço, Umburaninha, Lagedinho, Calderaozinho e Furtuoso de São José do Jacuípe; Estrada Nova, Paudarquinho e Ichu de Jacobina; Gitirana, Santa Rita, Várzea Suja, Faz. Pau Grande, Camboeiro, Barro Vermelho, Fazenda Volta e Aroeira de Capim Grosso; e algumas localidades de Serrolândia.

 

 

FR Notícias

Deixe um comentário