Perícia Técnica realiza exumação no cemitério do Povoado do Peixe

Na semana passada, mais precisamente na última sexta-feira, 24, aconteceu a exumação dos restos mortais de Israel Rodrigues de Oliveira, no cemitério do Povoado do Peixe, no município de Capim Grosso.

A ordem partiu do Departamento de Polícia Técnica, Diretoria do Interior, Coordenadoria Regional de Jacobina atendendo ao pedido do ofício nº 101/2018, referente ao processo nº 8001167-21.2018.8.05.0049, sendo requerentes José Uilquer Rodrigues da Silva e Débora Dezan Garcia.

Segundo o advogado Vagner Luan Santos Gonçalves OAB/BA 40.536 a exumação gira em torno da paternidade dos requerentes, haja visto o falecimento de senhor Israel Rodrigues, os supostos irmãos não vieram até Débora e Uilquer, e nem até o processo, das devidas intimações que foram expedidas não foram localizados, se esgotando todos os meios recorreu-se a exumação para recolhimento do material genético para exame de DNA e serem reconhecidos como filhos, como de direito.

Diante do serviço bem prestado da advocacia logrou-se êxito a um fato que não é corriqueiro, normalmente sendo o último caso, chegando até o juízo de forma correta. Dr Luan ressalta também a importância do trabalho dos peritos e o Departamento de Polícia Técnica, como também o cartório de Capim Grosso que agiu com rapidez para expedir o ofício.

Estiveram presentes no momento da exumação José Uilquer, os advogados responsáveis pelo caso além de Dr Vagner, Dr Helder Amaral de Araújo Silva OAB 50.205 e Dr Diogo de Almeida Pires OAB 28.139.

 

Da redação FR Notícias

Deixe um comentário