Indicações e requerimentos são discutidos na Câmara Municipal de Vereadores

edil jeffersonNa sessão dessa segunda-feira, 13, o Presidente da Câmara de Vereadores, Jefferson Ferreira, parabenizou o Governo da Bahia que inaugurou a 21ª Policlínica de Saúde e vem revolucionando a Saúde Pública da Bahia com mais acessibilidade, “estamos avançando bastante inclusive o Governo construiu um hospital por ano em média, tinha dois hospitais em 500 anos. Parabenizou a campanha que foi feita do rastreamento do câncer de mama, foram duas mil vagas e o número de pessoas que estão fazendo tratamento é absurdo, infelizmente é cansativo delimita a pessoa, mas, precisamos estar nos aproximando da secretaria de saúde, precisamos entender que com toda dificuldade a gente vem avançado”, adiantou. “Temos duas indicações e peço aos vereadores para que a gente possa discutir a pavimentação da BR 324 sentido Jacobina”, pediu.
Falou sobre indicações da ampliação e manutenção da Casa de Taipa com um centro histórico de Capim Grosso, “unir as indicações e fazer naquele local que seja de muito bom agrado”, completou. Pediu que os vereadores avaliem a indicação sobre os jogos estudantis que está em pauta e precisa avançar. Informou que esteve em Salvador assinando um termo de recebimento de equipamentos odontológicos de emenda parlamentar do deputado Robson Almeida. “Esse é o nosso papel convivendo independente de ser oposição ou situação, buscando o melhor para a população”, finalizou.

edil kalO vereador Kal de Zé Preto falou sobre o ônibus que esteve fazendo o rastreamento de câncer de mama, ficou surpreso porque a propaganda do Governo do Estado é apenas propaganda, “pois ou é da panelinha ou as cosias não resolvem”, disse. “Uma pessoa me procurou, uma menina de 18 anos, desde abril peregrinando para Salvador esperando o hospital chamar, a gente liga e o hospital não atende, eu espero que essa regulação da morte só tenha até o ano que vem, para parar essa propaganda enganosa, de uma semana para cá o Governo do Estado está em várias cidades da Bahia, usando a programação das rádios”, desabafou. “Se não entrar no colo e ficar esperando a regulação da morte, a pessoa morre mesmo, a menina tem 18 anos de idade, a gente que tem deputado da oposição não arruma nada, que trato é esse com os baianos? indagou. “Esse governador só tem promessa bonita e ação, nada! As pessoas se comoveram com essa história e vamos procurar outros meios, veio o ônibus, passou 15 dias, é importantíssimo, mas se não for aliado desse governo do estado, não consegue”, destacou.  “O povo pensa que a gente fica com má vontade e não é, a gente fica travado”, relatou. “A Secretaria de Saúde tem funcionário à vontade e carro à vontade, porque essa desigualdade? É o que eu tenho mais raiva, e quando vejo a pessoa passar dificuldade eu fico revoltado, entrei na política pra tentar fazer o melhor possível, mas vereador é travado”, completou. Comentou ainda que ninguém queria ser presidente da liga e Roberto Bocão iria ser o presidente e foi interferido, ele é oposição, ele é um excelente desportista, e avisou que não é mais o vice-presidente da liga”, concluiu.

edil valO vereador Val de Pedrinho disse que pediu uma limpeza no bairro Jardim Formosa e que o secretario Jamber garantiu que será iniciada nessa terça-feira, 14. Parabenizou ao presidente da Liga de Desportiva, Jay, e demais participantes, que tiveram a inciativa de convida jogadores veteranos para uma partida de futebol no Estádio Franciscão, pessoas com mais de 30 anos sem jogar futebol que disputaram essa partida. Também aconteceu a tarde de futevôlei que foi muito gratificante, muitos jovens participando, um pessoal bem treinado, são pessoas que se preocupam com o futuro dos jovens da cidade. Pediu a complementação da Rua J. Macedo no bairro Novo Oeste, “é um local que está crescendo muito e tem muito comércio, no período de chuva é muita lama e no verão é muita poeira”, explicou. Comentou sobre seu pedido de reforma da praça Campo Sales, que é bastante visitada pelos desportistas e muitas pessoas que fazem caminhada, “assim sendo a necessidade de uma academia ao ar livre”, finalizou.

edil alexO vereador Alex da Metalúrgica falou sobre seu pedido junto ao vereador Nanal para implantação de câmeras de monitoramento na praça da feira-livre, onde os feirantes sentem falta de mercadorias e que se faça algo que venha dar mais segurança aos trabalhadores da área.  Informou que esteve na UPA e ouviu a demanda de uma família de Pedras Altas, os quais o celular não tinha crédito e necessitavam passar informações aos familiares e ouviu a ademanda referente a um wi-fi, que precisa ser implantado na Unidade. “Sei que as pessoas têm dificuldades de se comunicarem com as famílias e nas horas mais difíceis precisam ter um wi-fi ali para que venha melhorar o atendimento daquelas pessoas”, comentou. Reforçou o pedido do colega Arivelton para uma casa de apoio no município, “a localidade eu frequento diariamente e no meu ponto de vista nós vereadores precisamos nos reunir e ir até o prefeito para que venha implantar uma casa de apoio para receber melhor essas pessoas. Se a gente levar essa demanda ao prefeito ele vai nos atender e vai melhorar a qualidade naquela residência”, ressaltou.  Disse que na semana passada fez um pedido de um posto de saúde para o Bairro São Luiz, um colégio que está desativado que poderá ser reformando e trazer qualidade de vida melhor para aquelas pessoas. Cobrou da Secretaria de Agricultura que as pessoas de Várzea do Mel, Pocinho, Mata do Estado e Várzea Suja estão cobrando melhoramentos das estradas, assim que a lâmina da patrol ficar pronta, a secretaria voltará a realizar os serviços novamente. Agradeceu ao Secretário de Urbanismo, Jamber Dantas, pois os moradores dos Bairros Estação da Luz e Jardim Formosa estão parabenizando pelo trabalho de roçagem que está sendo realizado.

edil brunoO vereador Bruno Vitor disse ter dois requerimentos tramitando na Casa. Lembrou da criação do Departamento e municipalização do trânsito anteriormente e naquele momento já pedia transferência  dos veículos alternativos para a praça do ginásio e também já está precisando uma reforma da  Praça Otaviano Ferreira, irá sim desafogar o trânsito, ali temos mais de 10 ou 15 veículos por dia estacionados na praça, que seja construído só um ponto, da pessoa descer e depois subir e os carros que estão na linha esperando fiquem lá na praça, tem carro que chega de manhã e sai a  tarde, volto  a pedir, a Milton e ao secretário, assim também ao prefeito, que faça essa transferência, precisamos acolher as pessoas das cidades vizinhas que vem comprar no nosso comércio, mas temos que organizar a cidade para melhor atender as pessoas”, completou. Pediu junto aos colegas vereadores que juntos lutaram a favor da polícia militar para a ronda rural, que está precisando urgente voltar o serviço, essa Casa devolveu um veículo para a Guarda Municipal que está fazendo a ronda escolar, como não estão acontecendo as aulas, deve-se destinar esse carro às rondas rurais. “Está acontecendo muitos assaltos, as pessoas tem o prazer de irem para suas chácaras, mas quando chega um final de semana a chácara foi arrombada e quando o mal elemento ver a presença da polícia e da guarda hoje, uma guarda atuante na pessoa do comandante Magno, os ladrões começam a evadir-se para outras cidades”, explicou. Cobrou o patrolamento da estrada vicinal que pega entre João Lopes até a Várzea Suja. Informou que esteve em reunião com moradores da comunidade de Fazenda Nova que precisa de apoio na extensão de água da Embasa a buscar extensão de água, “a Fazenda Nova passou um bom tempo esquecida e agora está sendo atendida”, ressaltou. Estamos ativando novamente as unidades básicas de saúde como Mandassaia, Colônia ou fazer uma Nova na Fazenda Nova ou Barro Vermelho”, completou.   Comentou sobre o falecimento de Luiz Bispo, vítima de complicações da Covid 19. “Um guerreiro que nos deixou, peço em nome dessa Casa, porque acho desnecessário um paciente dar uma entrada em uma Unidade e depois de 27 dias ele vir com uma testado que foi por Covid,  que nós ficamos em casa em torno de 14 dias no máximo, e essa família está em prantos e lágrimas, não poder pelo menos ver seu pai pela última vez, e ai vem com relatório que morreu de Covid, seu Luiz teve Covid sim, mas faleceu por causa das complicações, 27  dias ele não tem como mais estar transmitindo Covid, eu não quero que isso aconteça mais, se acontecer que venha o caixão lacrado com tampa de vidro, para sua família ver , ele já tinha problema de  saúde como diabete e era  hipertenso, ele teve complicações da Covid.  Um carinho que a comunidade tinha e não pode enterrar seu pai, que a secretária e o Rangel busque que a prefeitura doe esses caixões com tampa de vidro para amenizar a dor das famílias”, desabafou.

edil gilbertoO vereador Gilberto Alves falou sobre um requerimento de sua autoria, feito desde a última gestão, que pede a implantação de um parque infantil, academia ao ar livre e local para eventos na praça do povoado do Peixe. Deixou os sentimentos a família de Luiz Bispo que veio a falecer vitima de Covid-19, “só quem sabe o que é a covid é quem passou por ela, e eu sou prova viva disso e peço a população que tomem a vacina e não façam a aglomeração que a pandemia não acabou ainda”, reforçou. Disse ainda que o bairro Planaltino está ficando muito bom e que seja colocado cascalho enquanto o calçamento não chega. Colocou o mandato a disposição da população.

 

edil nen titininhoO vereador Nen de Titininho disse que foi até o Povoado do Peixe junto ao vereador Kal de Zé Preto e a capelinha do cemitério faz vergonha, pois as telhas estão caindo, “o local onde a gente enterra nossos entes queridos”, disse. “Os colégios sem reformar e as aulas logo estarão de volta e aí passa um tempo e vão dizer que as aulas não vão voltar porque a escola está sem reformar, um ano e oito meses da pandemia e já era para estarem reformados”, reclamou. “Senhor Agnaldo do setor de comunicação da prefeitura falou que a área de Covid não estava desativa e a área está desativada, sábado uma pessoa de minha família precisou passar na área de Covid, passou pela parte da frente por onde passa todo mundo, onde entra todas as pessoas para ser atendido pelo médico, que não estava com a roupa adequada para atender um paciente de Covid, o paciente sentou na cadeira no meio de todo mundo, depois é que levaram a pessoa para área atrás que o prefeito desativou  porque não quer pagar uma técnica de enfermagem e isso não pode estar acontecendo na cidade onde passa criança e idoso, a Covid ainda não acabou, então vamos ver o que fazer, para reativar a área de Covid porque não pode atender o povo junto, pois é um risco muito grande que a gente não pode correr”, completou. “Perdemos um senhor lá no Peixe, Luiz de Marinho para a Covid e foi enterrado lá no Peixe, para que isso não venha acontecer novamente, finalizou.

edil samoelO vereador Samoel Moto Taxi disse que o seu tema do dia se trata de um caos, inclusive fotografou.  “Falamos tanto em organizar o trânsito, e hoje fiquei parado no semáforo analisando e todos estavam no vermelho, quem sobe e quem desce, não há necessidade de tantos semáforos em um contorno daquele tamanho”, indicou.  “É notório que quem vem de Senhor do Bonfim precisa estar aberto para quem vai pra Jacobina”, apontou. “Não existe em lugar nenhum do Brasil tantos semáforos em um contorno daquele tamanho”, ressaltou. “Em Salvador e Feira de Santana os retornos não têm semáforos, todo mundo sabe que tem que esperar”, explicou. “A rua São José pode incluir direita livre, é coisa simples”, completou. Pediu requerimento verbal para regularização dos semáforos. “Quando a gente cobra é taxado como oposição e a gente precisa de uma reorganização do centro da cidade e eu não voto na zona azul, tem como organizar sem ter a zona azul”, afirmou. “Semana passada liguei onze horas da noite para a Secretaria de Saúde, porque o problema voltou a acontecer, chovendo e as pessoas esperando carro para ir a Salvador, as pessoas passarem para um constrangimento desse porque precisa de um ônibus”, disse. “Tem pessoas que saem sem dinheiro no bolso apenas com a coragem e a fé de conseguir um tratamento, muitas vezes falta vontade da gestão para resolver, pois não falta dinheiro para comprar um cooler com água, ter uma casa especificas para essas pessoas, a gente sente na pele, eu falo porque quase todas as semanas vou lá a noite e eu vejo o sofrimento das pessoas”. “Quando é para o município alugar um prédio de fulano e ciclano porque ajudou na campanha, aluga um prédio velho até para guardar em cadeira velha, mas quando é para arrumar uma coisa digna do povo sempre diz que não tem dinheiro é sempre assim e nós vereadores que temos mandatos, precisamos entender que não  vamos ser vereadores para sempre e aquilo que a gente não lutou, lá na frente nós vamos precisar, e vai doer na mente de cada um dizer que quando eu estive mandato  eu não  lutei por aquilo e hoje estou sentindo na pele porque estou precisando, então é preciso que a gente fale e corra atrás e também denuncie e apresente soluções. "Que a gente denuncie, mas que apresente as soluções e aqui a gente apresenta as soluções.", finalizou.

edil nanalO vereador Nanal Vilas Boas estendeu o pedido de patrolagem aos campos de futebol para todo o município, endossando a necessidade do campo do Mutirão II, pois a pandemia aos poucos está passando, e gradativamente os desportistas vão voltando as atividades, “então vamos pedir aos responsáveis pela compra dessa lâmina para se tirar um dia e passar nos campos”. Sobre o projeto de Lei 248, propôs o pedido vista no projeto. Falou sobre um problema que há anos está na cidade principalmente no Planaltino. Não sei porque os prefeitos da gestão atual e passada não tem interesse em fazer identificações com as placas nas ruas. “Fiz uma indicação reiterada da gestão passada em fevereiro desse ano”, disse. “Quando a gente anda na rua é o povo procurando, onde fica rua tal? Principalmente se tratando do Planaltino que é o maio bairro da cidade, com ruas muito semelhantes uma das outras, e principalmente para quem tem cartas a receber, e para os próprios trabalhadores não tem facilidade de localizar”, adiantou. “Faz se necessidade o município nomear as esquinas para que facilite tanto para quem entrega as cartas tanto para pessoas que buscam determinados endereços”, completou. Pediu a implantação de duas câmeras de segurança no espaço da feira livre, “fiz essa preposição na legislação passada e agora faço parceria com o colega Alex Oliveira porque sabemos da necessidade e dos prejuízos dos barraqueiros de frutas e verduras já tiveram com furtos de produtos em suas bancas”. Falou sobre o projeto 224 que pede pela criação do Museu Histórico e cultura de Capim Grosso, um povo sem passado jamais construirá o seu futuro e aos poucos a geração contemporânea está perdendo os objetos de valores e em época de tecnologia onde tudo está fácil, comportar tal acervo ainda há tempo desses materiais que podem ser coletados conforme o teor do projeto 224”, explicou. “Faz-se necessário que o município busque, basta a gente perceber que temos um acervo valiosíssimo em mãos particulares e que nós seres humanos passamos e é necessário que a nossa história seja contada, mas a nossa história possa ser contatada e aquilo que identificou época fique à disposição das gerações futuras, mas é importante que nossos trabalhos e valores sejam perpetuados para todos os tempos” completou. Pediu aos colegas que formam a comissão responsável e que o prefeito faça o analise, pois é para o bem comum para Capim Grosso, dentro todos os segmentos que o projeto alcança tanto nos fatos sociais e estudantis tem a questão do esporte que precisa ter a memória preservada.

edil ariveltonO vereador Arivelton Mota falou sobre as cobranças da população, que são passadas aos secretários e ao prefeito através dos vereadores. Agradeceu ao Secretário de Obras e Urbanismo, Jamber Dantas, por ter atendido o pedido da população de Água Nova que estava sem o gari, afastado por conta da pandemia e agora um servidor está no local todos os dias. Informou que foram feitos pedidos para patrolagens de campos de futebol, a exemplo de Água Nova, Evilásio e Dande Moto Taxi que estão sempre cobrando e após a manutenção da lâmina da máquina os serviços serão realizados. Sobre as estradas vicinais disse estar sempre presente em Mata do Estado e vê a necessidade da patrolagem, e assim que terminar os serviços das ruas na sede a máquina será direcionada embora já se tenha feito algumas estradas no município. Em breve será a vez da comunidade, assim como do povoado de Caiçara. Comentou sobre uma indicação de sua autoria que pede a construção de uma capelinha no cemitério de Caiçara, pois o local foi ampliando na gestão da prefeita Lidia Pinheiro e esse requerimento vai chegar até as mãos do prefeito Sivaldo, “tenho certeza que ele vai atender o pedido da população”. Informou que foi feito os pedidos de instalações de energia e água encanada para a localidade. 

 

ASCOM Câmara Municipal de Capim Grosso