Aos 56 anos, morre produtor musical Miranda, jurado do programa "Ídolos"

Carlos Eduardo Miranda, popularmente conhecido como Miranda, que foi jurado do programa "Ídolos", no SBT, morreu por volta das 20:00hs da última quinta-feira (22). A informação foi confirmada por amigos próximos de Miranda.

O produtor musical teria sentido uma forte dor de cabeça. Em seguida foi para o quarto e sentou-se na cama, onde veio a falecer. Miranda morre aos 56 anos e deixa mulher, a cantora e preparadora vocal Isabel Hammes, e a filha Agne, de 2 anos.

"É verdade sim. Estou sem reação até agora", disse o diretor de TV Ricardo Mantoanelli ao UOL, por telefone. "Infelizmente essa trágica notícia é verdadeira, acabei de saber. O Miranda era um cara absurdamente inteligente. O Brasi perdeu um cara do bem. É uma pena, uma pena mesmo", afirmou Thomas Roth, aos prantos, também por telefone. Os dois eram amigos próximos de Miranda.

Miranda participou do programa "Ídolos" --derivado do programa britânico "Pop Idol"--, enquanto esteve no ar, entre os anos de 2006 e 2007. Ele também participou de outros programas com teor musical no SBT, como "Astros" e "Qual É o Seu Talento?".

Natural de Porto Alegre (RS), Miranda começou a se destacar como produtor musical nos anos 1980. Foi ele quem fundou a Banguela Records, importante bancada para o rock da década de 90. Como empresário e produtor, lançou também Skank, Raimundos, O Rappa e Cansei de Ser Sexy. Ele ainda foi o diretor musical do disco de estreia de Gaby Amarantos, "Treme", lançado em 2012 com os hits "Ex Mai Love" (música de abertura da novela "Cheias de Charme") e "Xirley".

Na manhã desta quinta 22, em uma das últimas atividades no Twitter, ele elogiou a MC Carol. "Ela é a melhor! A mais fod@! Minha ídola!", escreveu, entusiasmado.

 

 

Fonte: TV e Famosos

Foto: Reprodução/SBT

Deixe um comentário