Homens-bombas matam 25 pessoas no Afeganistão; 6 são jornalistas

Dois ataques suicidas em Cabul, no Afeganistão, mataram ao menos 25 pessoas, incluindo seis jornalistas e quatro policiais nesta segunda-feira, 30. Além deles, outros 49 ficaram feridos com os ataques, que foram reivindicados pelo Estado Islâmico (EI).

"Um homem-bomba que circulava em uma motocicleta detonou seus explosivos diante de um curso de inglês na área de Shash Darak", afirmou o chefe de polícia de Cabul, Hashmat Stanikzai.

A primeira explosão aconteceu pouco antes das 8:00hs, em uma área próxima à sede do Serviço de Inteligência Afegão (NDS). Jornalistas seguiram para o local do atentado, onde cerca de 30 minutos depois houve outra explosão. O homem-bomba estaria disfarçado de repórter. Um fotógrafo da Agência France Press (AFP) e outros cinco jornalistas de meios de imprensa afegãos, como Mashal TV, 1TV, Radio Azadi e Tolo News, morreram na ação.

 

 

Fonte: Bahia Notícias

Deixe um comentário