Vereadores receberam na 1° sessão do mês, Laudecio, Consultor Nacional de Juventude

Na sessão da Câmara de Vereadores de Capim Grosso, na última segunda-feira, 02, o Presidente da Casa, Bruno Vitor saudou o grupo da Melhor Idade e a Secretaria de Assistência Social, Hosana Ferreira. “Idoso pra mim é quem se acomoda, tem pessoas de 25 anos que são idosos e essas pessoas Projeto Viver Melhor não se consideram idosos, é o dia das jovens experientes”, disse. “Também dia 1º é dia dos vereadores, venho aqui nessa tribuna defender os vereadores pois  todas vocês viram crescer, filhos de mães trabalhadores, minha mãe lavando roupa, arrumando casa para me da educação, assim como a mãe dos outros vereadores, criados na barra da saia da mãe para honrar a família, com o nome na história e pessoas que sabem dar valor, porque sofreram na pele, pois aqui em menos de três meses essa Casa fez economia e devolveu  20 mil reais, para se colocar 200 carradas de água ao homem do campo, faz projeto de leis para beneficiar a população e tem respeito de um colega pelo outro e defender a população que paga nosso salário”, comentou. “Somos todos iguais e legítimos representantes e quando fizemos a filiação a UVB é para capacitar esses vereadores e buscar apoio”, informou. Parabenizou aos vereadores da Casa que honram cada voto que deram e honram suas famílias, “não vou deixar colocar por pessoas que fazem politicagem com o nome de vereadores nas redes sociais, hoje estou aqui e amanhã estarei sentado ai torcendo pelo vereador que faça melhor do que o que eu fiz agora”, adiantou. “Pode ter certeza que cada dia que passa vocês vão ter muito mais orgulho dessa Casa, pois vamos batalhar por vocês e defendermos com muito carinho a população”, finalizou.

A primeira sessão da Câmara de Vereadores do mês de outubro de 2017, nesta segunda-feira, 02, foi marcada pela presença de Laudecio Silva, Consultor Nacional de Juventude do Programa Identidade Jovem, que lançado na Câmara de Vereadores nesta terça feira, 03, onde vai firmar um compromisso com a Prefeitura Municipal. O programa é do Governo Federal, criado em 2015, lançado ano passado e da diversos benefícios com um documento que que viabiliza o acesso a eventos cultuais e artísticos, pagando metade da entrada. Outro benefício é a viagem interestadual gratuitamente ou pagando metade do preço. “O estudante não paga a taxa, nem inscrição de concurso público e Enem, precisando ganhar até 2 salários mínimos e o cadastro único regulamentado”, informou. O próprio jovem vai poder imitir o documento através do site da Caixa e quem comparecer ao evento já vai sair com o documento na mão. São 3.595 jovens que estão dentro do critério em Capim Grosso. “É um programa novo a maioria dos jovens não sabem que existem”. Pediu que a juventude utilize esse benefício com responsabilidade, “foi pensado pelo jovens brasileiros e o Governo agora está implantando”, concluiu.

 

Samoel Moto Taxi lembrou que está completando cinco anos de mandato, e muitas vezes as pessoas cobram dos vereadores da oposição que só falam das coisas erradas, mas, não é isso, “pois quero em público parabenizar a Secretaria Hosana, a gente tem que reconhecer quem realmente está fazendo o trabalho certo, mas se estivesse errado eu falaria” disse. Informou que visitou o Bairro da Água Nova e não pode deixar de criticar a Secretaria de Obras e Urbanismo, “está abandoada, vergonhoso, sem saneamento básico, pavimentação e um matagal imenso”, denunciou. “Nas vésperas das eleições e na inauguração da quadra estava tudo perfeito e porque depois que passa abandona?”, interrogou. “Um bairro daquele tamanho em pelo menos que manter limpo”, acrescentou. “O cemitério está precisando urgente de uma limpeza, o mínimo que o povo merece é o respeito, por isso que tem hora que o povo fica insatisfeito e com razão, na hora do oba oba e do avanço fica tudo bonitinho e depois abandona uma cidade que entra recursos de até 5 milhões e não poder manter uma comunidade limpa é inaceitável”, completou. “Se não puder manter limpo pode fechar a Secretaria, é injusto agente chega lá e o povo reclama e trazer isso aqui para a tribuna sem necessidade, mas para resolver o vereador tem que vir aqui criticar, tirar foto e ser chamado de chato, mas é porque está errado e se a gente contribuir vai ficar tudo ai no esquecimento”, continuou. “Quando a gente vai na escola e reivindica as merendas é porque não queremos o quanto pior melhor, quando chega que encontro tudo arrumadinho é muito bom, se o vereador não falar cai no esquecimento”, concluiu.

 

Jefferson Ferreira parabenizou a gestão pelos posicionamentos tomados em relação aos controles e gastos públicos, pois a cidade é referência na região por honrar os compromissos, sendo inevitáveis ações de cortes em gastos públicos. “Nós precisamos analisar bem antes de tomar decisões e pode vir de encontro a população”, alertou. Disse que vai procurar a gestora para discutir a respeito ao assunto. Lembrou do dia do vereador, que representam os interesses de uma cidade por completo, “e tenho visto posicionamento de cada um, para defender o povo da cidade, parabéns a todos nesses nove meses de trabalho”, completou. “Não poderia deixar de falar sobre o Dia do idoso e da Melhor Idade, com finalidade de proteger e cuidar das pessoas, perpassando a responsabilidade da criança até ao adulto”, comentou. Mencionou o Outubro Rosa, uma campanha de sensibilização das mulheres para se prevenirem contra o câncer de mama e quem encontrá-lo poder tratá-lo logo no início. “Mulher você que tem peito lute previna-se contra o câncer de mama”, finalizou.

 

Arivelton Mota, lembrou do jovem do campo e saudou os internautas que acompanham a sessão da Câmara e os trabalhos realizados no município. Saudou o grupo da Melhor Idade, considero grandes guerreiras, “passo e as vejo nas academias fazendo exercícios e isso é importante, fico olhando a força de vontade que elas tem”, comentou. Saudou a Secretaria Hosana Ferreira, “Tiro o chapéu pelo que vem desempenhando na pasta”. Parabenizou o Presidente Bruno, por ter filiado a Câmara na UVB, União dos Vereadores do Brasil, “aqui na região é a única que por enquanto se filiou”, disse. “A UVB é uma união de vereadores do Brasil, buscando aprimorar os conhecimentos para trazer a esta Casa e trabalhar pelo município, independe de cor ou sigla partidária, esse é o papel do vereador, é cobrar e fiscalizar”, completou. “À partir de amanhã já teremos uma sala reservada em Salvador, para que possamos buscar melhorias”, informou. Agradeceu a Prefeita Lydia e o Secretário de Urbanismo pelos melhoramentos nas ruas, mesmo sabendo que não se pode calçar todas as pois a crise afetou os município, “Capim Grosso não é diferente, mas quero parabenizar também pela colocação do pó de brita. As laterais da UPA era um lamaçal e com o pó de brita gora vai melhorar”. Disse que visitou o Bairro Planaltino e muitas pessoas pediram ampliação de rede de energia elétrica e por falta até de fiscalização ainda não puderam receber, a Coelba só coloca postes nas ruas onde tem meios fios, infelizmente alguns loteamentos foram feitos desordenados, “e peço que a prefeitura notifique os donos de loteamento para que coloquem meios fios”, finalizou.

 

Jamber Dantas lembrou do dia do idoso em comemorado em 1º de outubro onde se vai ter um mês de muitos eventos e acontecimentos prestigiando a melhor idade, de pessoas que durante suas vidas se dedicaram a suas famílias, com muito vigor. “Quando a gente passa pela a academia e ver vocês com essa vitalidade e coragem cuidando da saúde, é pra a gente  motivo de alegria e aprendizado, sem dúvida pra chegar nessa melhor idade tem que pedir pra Deus saúde e vida e determinação para cuidar do corpo”, comentou. Saudou Laudecio Silva e que a mensagem possa entrar no coração dos jovens e que uma grande quantidade deles possam participar nesta terça-feira e que a Câmara vai fazer o que puder para ajudar no ID Jovem. Abraçou Hosana Ferreira e sua equipe, “Deus permitiu que essa secretaria fosse entregue a essas mãos, podendo ter iguais, pois melhores não teria condição”, disse. Durante toda essa semana se discutiu muito nas redes sociais e meios de comunicação a questão do imposto do ITBI e  deixou uma mensagem, que vereadores que protocolaram um oficio no Ministério  Público para que a suspensão do imposto fosse realizada, “assinei o oficio que fez o pedido, eu entendo que é uma cobrança injusta quando é aplicada aos recibos de compra e venda e o município tem que arrecadar, mas que seja feito de maneira correta e o que a Lei rege, já que existe a orientação do STF que a cobrança é indevida eu me coloco contrário”, informou. Comentou sobre a importância do Outubro Rosa, “vocês mulheres façam esforço e procurem a prevenção, eu perdi a minha vó por conta de um câncer de mama, vejo muita necessidade que todas vocês se atentem por essa causa que é vida e saúde e nada mais justo as mulheres terem essa prevenção e prolongarem suas vidas até quando Deus permitir”, completou. Comentou inda que apresentou requerimento para colocação de letreiro com o nome de Capim Grosso, “é questão de orgulho ter o nome estampado nos quatro cantos da cidade”. Pediu a quem em acessa as redes sociais que se possa se manifestar contra a aberração e imoralidade que  acontecem nas exposições que dizem que é cultural em São Paulo, aquele  ato infame do banco Santander, “e mesmo partindo da tribuna do interior da Bahia, se cada um dá gente fazer um pouco e manifestar a indignação e tomar providência e barrar esse ataque imoral as famílias e aos cristãos e o Brasil está chocado com esses atos, é criança ao lado de pessoas que se dizem artistas, despidos e nus,  se minha palavra não chega aos ouvidos dos governantes desse país, os manifestos das redes sociais possam fazer”, concluiu.

 

Antônio Martinho comentou sobre o setor do IPTU que diagnosticou uma cobrança que o que se chegava erradamente a quase 300 reais agora pagou-se apenas 49 reais, sendo uma medição equivocada que criou uma mal estar da população com a gestão e pode ser problema de muitas pessoas não estarem pagando o IPTU, são essas informação desencontradas. “Se o IPTU está sendo caro precisa tentar conversar com o setor”, alertou. Lembrou que na sexta-feira houve uma sessão extraordinária e parabenizou a Casa e o Presidente pela iniciativa que contou com apoio dos demais. “Quatrocentos e dezessete municípios se somar e multiplicar por 9 vereadores teriam 3.753 vereadores, é muita gente boa para nos representar, se somar por 11 dará 4.587 representantes do povo e ontem foi comemorado do dia do vereador e da vereadora”. Parabenizou Laudecio Silva, um jovem que traz um projeto importante via Secretaria de Assistência Social, “tenho certeza que a Casa vai estar repleta de jovens, pois o projeto é importante e o que está ao nosso alcance esta Casa vai contribuir”, disse. Informou que esteve na comunidade de Camboeiro e parabenizou a Denis por trazer uma equipe da cidade de Irará para dialogar com a área quilombola. “Para conversar com aquele povo, para melhor se representar como quilombola, temos nossas críticas a quem separa pessoas pela cor e imagina um campo onde está o negro que sempre foi escravizado, imagina o preto quilombola do campo e a ideia da equipe de Irará era mostrar que o branco não tem melhor valor que o preto da terra, e isso precisa despertar em cada um de nós, acredito que ficaram muitos ensinamentos a muitos jovens e crianças”, comentou. “Tem questões que a gente precisa ter atitude, não foi tão simples e nem é pra ninguém, denunciar uma pessoa que eu pedi pra votar, mas pedimos para retirar a cobrança e não foi dada a atenção”, concluiu.

 

Nanal Vilas Boas comentou na sessão desta segunda-feira, 02, sobre o projeto de sua autoria para quem tem baixa renda e precisa de engenheiro através Lei Federal 11 888 que dá legitimidade aos poderes do Estados , União e Município promoveram projetos dessa natureza, “como temos engenheiro concursado e contratado, faz se justo que pessoas de baixa renda, em bairros nobre comum, intermediário e periféricos,  tenham  uma oportunidade  que não tem condições de pagar um profissional técnico de engenharia civil dentro do município, dentro da condição de erário. “Sobre o Projeto de Lei 173 e outros que estão à disposição da Casa, pois lendo ele todo fiz observações e entendo que não houve a intenção do Executivo de prejudicar a comunidade, depois vou discutir com os companheiros da Casa e a gestão”, relatou. “Há exatamente um ano, nós onze vereadores comemorávamos as nossas vitorias aclamada pela população capimgrossense e lamentos para uns e glorias para outros que é normal em um processo de disputa”, lembrou. “Será que estamos fazendo um bom trabalho?”, interrogou. “Olhando no espelho temos a oportunidade de dizermos para cada um de nós o papel desempenhado para população”, continuou. “Importante que nós fomos integrados a UVB, parabéns senhor Presidente que tomou à frente da iniciativa e nos colocando no conhecimento público de todo Brasil como vereadores comungados”. Na oportunidade lembrou do dia primeiro de outubro que é  denominado dia do vereador, “deixo sinceros apreços aos 57.641 vereadores desse país, isso como população representamos mais de 90% dos municípios brasileiros, Capim Grosso com 31.400 habitantes estamos entre os 30% maiores a nível nacional em populacional, não sabemos de fato o trabalho e o amor que precisa para promover com nobreza o ato de vereança, somos criticados e acho que estou fazendo o papel de vereador e cada um de nós podemos nos interrogar nos nossos próprios espelhos”. “Não poderia deixar de ser solidário ao chamado da atenção do vereador Jamber, aos escândalos das redes sociais configurando algo como se fosse cultura, da falta de vergonha com a cidadania, não podemos confundir liberdade com libertinagem, é preciso que nós representantes do povo repudiamos”. “O povo brasileiro tem a ciência de sua intelectualidade de discernir o que é certo do que é errado”, concluiu.

 

Jô Queiroz começou sua fala na sessão desta segunda-feira, 02, falando sobre o dia do vereador, comemorado em 1º de Outubro e também saudou as senhoras do Projeto Melhor idade que foram visitar o plenário. Parabenizou a Secretaria Hosana que vem fazendo um bom trabalho frente à Secretaria de Assistência Social, porém explicou que se mais a frente não fizer, com certeza irá cobrar resultados. “Quando a gente cobra é também o povo que está cobrando”, adiantou. Pediu ao Secretário de Urbanismos, que visite Água Nova, pois o lixo e o mato está tomando conta das ruas. “Está acontecendo muita polemica nas redes sociais, sobre impostos altos que estão sempre cobrando, e não foram os vereadores de agora que votaram, foram vereadores passados, se a gente pode corrigir então iremos corrigir”, completou. “A questão do ITBI a prefeita analise pois é imposto em cima de imposto”, concluiu.

 

 

Gilberto Alves parabenizou o projeto Melhor Idade, lembrando que também já acompanhou essas pessoas fazendo os exercícios nas academias de saúde. Pediu a gestão que passe a patrol nas estradas vicinais do município, e que o secretario tenha paciência, pois “estamos em um momento de crise, e tirar uma patrol de uma região, colocar em outro local e depois retornar é mais difícil, então que se termine uma região primeiro”, indicou. Parabenizou a gestão municipal pela colocação do pó de brita nas ruas, através da Secretaria de Urbanismo, e que a rua que sai do Posto Ferrari até a Avenida Senhor do Bonfim, tem a necessidade desse paliativo. Lembrou das propostas do Michel Temer e seus Deputados que querem aposentadoria para 62 anos pra mulheres e 67 anos para homens. “Fora Temer”, pediu.

 

 

 

Fonte: ASCOM Câmara Municipal de Capim Grosso

Deixe um comentário