Contas do ex-prefeito Sivaldo Rios são aprovadas na Câmara de Capim Grosso

Foi votada na sessão desta segunda-feira, 13, as contas do ex-prefeito de Capim Grosso, Sivaldo Rios de Carvalho, referente ao exercício de 2016, com parecer enviado pelo TCM (Tribunal de Contas do Municípios) pela aprovação com ressalvas.

Entre os pontos em destaque feitos no relatório do TCM, ficaram a saúde que a gestão de Sivaldo investiu cerca de 16%, a cima dos 15% que a Lei exige, e pouco mais de 26% na educação, a cima do mínimo 25% que é recomendado, o ponto negativo ficou por conta dos gastos de índice pessoal, acima de 60%, quando na verdade deveria estar em no máximo 54%.  

A sessão que tratou apenas das contas do ex-gestor teve uma votação tranquila, poucos vereadores se pronunciaram: o Vereador Nanal disse que votava com tranquilidade, pois sabia que os pontos que o Tribunal fez as ressalva foram pequenos erros de contabilidade e não desvio de conduta, informando que o órgão fiscalizador deu nota 7,78 ao ex-prefeito.

Samoel votou contra, em seu discurso o vereador alegou o descontentamento com o índice pessoal, o qual na gestão foi de pouco mais de 60%, que ainda via essa questão como uma falta de compromisso dos gestores, que os mesmo usam a prefeitura como um cabide de emprego para fortalecer seu grupo político.

Ao final a votação se encerrou com oito votos pela aprovação contra um voto apenas pela rejeição. Votaram a favor Antônio Martins, Jeferson da Embasa, Nem da Pastoral, Jamber, Lucas Maciel, Arivelton, Nanal Vilas Boas e Gilberto; contra Samoel Moto-táxi. Bruno por ser o presidente só vota em caso de empate e Jó Queiroz se ausentou da votação.

 

 

Redação FR Notícias

Deixe um comentário