Vereadores fazem cobranças ao Executivo sobre terrenos baldios

O Presidente Bruno Vitor, fez dois requerimentos verbais: “Um para a Secretaria de Urbanismo, para que seja retirado o muro construído no terreno doado para associação lá no Bairro José Mendes de Queiroz, mas que até hoje não foi utilizado. Pois os moradores não aguentam mais tanta sujeira acumulada, mal cheiro e bichos”.

O outro é uma moção de aplausos para Dr. Luciano Pinheiro: “Diversas vezes me deparei com ele socorrendo vítimas de acidentes nas ruas e estradas. Não falo apenas por mim, mas sim por todos os moradores do Bairro São Luiz, que no último sábado presenciaram o Dr. Luciano, que parou seu carro para prestar socorro à vítima e acompanhando até a UPA”. 

Bruno ainda agradeceu a gestão por ter colocado água para o homem do campo e abertura do chafariz aos sábados e domingos, para que os pipeiros abasteçam seus caminhões. Sobre a lei para doação de cesta básica para pessoas carentes, Bruno parabenizou a prefeita por ter atendido seu pedido, repassando recursos para a Secretaria de Assistência Social.

 

O Vereador Nanal Vilas Boas, falou da preocupação de todos os colegas pelo projeto que pede sanções e penalidades para aqueles quer praticarem maus-tratos aos animais: “Porém, esta casa tem feito inúmeras preposições, mas o Poder Público não tem dado a mínima atenção. Todos os projetos esbarram na insensibilidade do Poder Executivo e estão na gaveta da gestora do município, que fecha os olhos para esta situação”, salientou.

O edil falou sobre a indicação para efetuar reparos, pinturas e sinalizações nos quebra-molas: “De onde se tira a receita, se retribui no orçamento para sanar problemas urbanos de nossa cidade. Na semana passada ocorreu um agrave acidente no cruzamento da Luís Educado Magalhães, com a Rua Pinheiro, e aqui nesta casa já foi debatido um projeto de minha autoria, para que se analisasse a necessidade de construir um quebra-molas naquela localidade, pois já presenciei alguns acidentes”.

Nanal ainda falou sobre a falta de material no setor de identidade: “Um ato vergonhoso, que nem deveria vir para essa tribuna, mas o Departamento responsável pelas identidades, lá no DISEP, não está fazendo o documento por falta de tinta utilizada para marcar as digitais. Não simplesmente porque faltou a tinta, mas o setor está parado há sessenta dias por falta de um frasco de tinta, requisitado na prefeitura desde quando terminou”.

 

O Vereador Jamber Dantas, falou do requerimento nº 022 de 2019: “Com a aproximação dos festejos juninos, o mês de junho, o período mais alegre para o nordestino, nos traz muita preocupação. Outro dia, uma criança comprou bombinha e acabou se acidentando. Por isso, apresento este requerimento, para aqueles que comercializam os fogos de artifício possam ser fiscalizados com mais rigorosidade”.

O edil também pediu que a casa encaminhe providências ao DENIT em relação ao quebra-molas na região e Nova Fátima, devido ao elevado número de assaltos, bem como os quebra-molas do Distrito de Pedras Alta, que cederam com o peso das carretas, fazendo com que os carros passem em alta velocidade.

Jamber também solicitou da gestão a pavimentação das ruas Travessa Portugal, Rua Charles Chaplin e Morro Branco, no Bairro Vicente Ferreira: “A gestão do município se comprometeu e está realizando essas pavimentações, a prefeita Lydia segue com a promessa de pavimentar 48 ruas, por isso a população está ansiosa e tenho certeza que as obras nestas ruas logo serão iniciadas”.

Em visita ao Secretário de Desenvolvimento Rural da Bahia, Josias Gomes, o vereador pediu a abertura das comportas da barragem de Pedras Altas, pelo menos uma vez no mês, diminuindo o sofrimento da população ribeirinha daquela região.

 

O Vereador Jó Queiroz, falou que foi cobrado pelos moradores da Av. Ayrton Sena, sobre o esgoto: “Na sexta-feira, estive lá com a prefeita e o secretário Hélio que já solicitaram o orçamento da rede de esgoto”. Na oportunidade, o edil agradeceu a Hélio e a gestão por terem atendido a solicitação da Rua Caiçara, que já iniciou a escavação para colocar os canos. Sobre o requerimento de aquisição de duas ambulâncias, disse: “Estive com Edimário e conversamos sobre a demanda das viagens para Salvador, que vem aumentando a cada dia, por isso a necessidade do comprar de mais ambulâncias”, finalizou.

 

O Vereador Gilberto do Peixe, agradeceu o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e falou das conquistas com os Deputados Daniel Almeida e Bobô: “Os deputados estão prestando inúmeros serviços para o município de Capim Grosso. Também estive na SEINFRA e EMBASA, buscando água e luz para o homem do campo”, finalizou.

 

 

 

O Vereador Antonio Martinho, falou da audiência pública realizada pela CODEVASF: “Essa é uma importante instituição que foi criada para fortalecer e fomentar o perímetro irrigado de Juazeiro e Petrolina, e como deu certo, a CODEVASF expandiu esse projeto, e hoje abrange diversas áreas, inclusive de esgotamento sanitário".

Na oportunidade, manifestou sentimentos pelo falecimento de Dona Amélia Ribeiro, que faleceu na última quarta-feira. Além disso, agradeceu a secretária Hosana Ferreira: “Obrigado pela atenção, por algo tão simples, em nome da família, quero agradecer a atenção dada aos familiares da Dona Amélia, neste momento de tanta dor e tristeza. Todos nós tiramos o chapéu, porque você é merecedora de ocupar este cargo”.

O edil relatou ter encontrado a caçamba da Prefeitura de Capim Grosso tombada na estradada: “Foi feio serviço, onde o material nem espalhado direito foi, podendo ocasionar um grave acidente. Mas estamos ouvindo nas rádios e em carros de som, umas propagandas que pede o pagamento do IPTU para melhorar a cidade. Inclusive, essa propagando não é merecedora do nosso reconhecimento, quando cita que roçaram mais de 200 km de estrada. Isso é a maior farsa”.

“No dia 25 de maio, dia dedicado ao Trabalhador Rural, passei a maior vergonha quando encontrei, na estrada vicinal deste município, trabalhadores e moradores, roçando as estradas. Fica a nossa indignação, porque o dinheiro destinado a este serviço, deve ter tido outras finalidades”.

 

O Vereador Samoel Ferreira, parabenizou a Secretária de Assistência Social, Hosana Ferreira: “Essa semana tinha um casal passando necessidade e comuniquei ao pessoal do CRAS e automaticamente, com todo carinho e toda atenção, Hosana resolveu o problema”. O edil também falou sobre um folheto com as obras realizadas pela prefeitura: “Isso é vergonha, porque apresentou 200 km de patrolamento de estradas vicinais e tirei o dia ontem para verificar e percorrer toda a região e não condiz com a propaganda. Tem lugar aí que até um carro pequeno tem dificuldade de passar. É um absurdo”, finalizou.

 

O Vereador Jefferson Ferreira, falou do Projeto de Lei que prevê sanções e penalidades para quem praticar maus tratos aos animais: “Infelizmente, isso tem sido uma prática em nosso município, na Bahia e na microrregião, mas nós precisamos tratar com respeito nossos animais. Por isso peço o apoio dos colegas vereadores”.

Na oportunidade, o edil falou da reforma da previdência: “A população precisa entender que essa reforma tira os benefícios que foram conquistados há quase um século, principalmente para os trabalhadores rurais. É um absurdo. Se não nos mobilizarmos, essa proposta vai passar”, ressaltou.

Finalizou solicitando a implantação da CORPIN na cidade de Capim Grosso: “Que é Coordenadoria Regional de Polícia do Interior. Nós já temos a Policia Militar que compreende a nossa região, mas está ligada a CORPIN de Jacobina”.

 

O Vereador Arivelton Mota falou da indicação para aquisição de coletes a prova de balas para os guardas que realizam a ronda: “Conversei com os guardas e eles relataram do perigo que é trabalhar a noite. Por isso a necessidade da compra dos coletes”. O edil informou que mais de 60% das lâmpadas já foram trocas na região da Mata do Estado e também lembrou do requerimento para que os terrenos baldios sejam limpos: “Temos que nos conscientizar e pedir para que o secretário Hélio notifique os donos”, finalizou.

 

 

 

O Vereador Nen da Pastoral, parabenizou a Prefeita Lydia Pinheiro e o Deputado Eduardo, por dar continuidade a um projeto realizado pelo Sindicato Rural de Capim Grosso, que desde de 2013 estava parado, que beneficiará 26 famílias na Fazenda Tuiuiú. “Foi uma grande luta, diversas viagens, mas com o apoio da prefeita e do nosso deputado, conseguimos destravar o projeto”, O edil também disse que alguns tipos de requerimentos nem precisavam passar por esta casa e citou o exemplo de pintura de quebra-molas: “Pintar quebra-molas com regularidade, principalmente na região da feira livre, nós vereadores nem precisávamos solicitar", finalizou.

 

 

 

ASCOM CMV