Vereadores buscam soluções para os problemas da cidade de Capim Grosso

O Presidente Bruno Vitor, falou do seu Projeto Semana da Criança: “Nestas duas últimas semanas, do dia 1º até o dia 10 de outubro, realizei o Projeto Semana da Criança, levando muita brincadeira, parque infantil, diversão, lanche, além da distribuição de brinquedos para as localidades mais carentes e mais distantes da sede do nosso município. Quero aqui agradecer a todos que contribuíram e apoiaram este importante projeto que esteve na região do Colônia, Camboeiro, KM 10, Fazenda Nova, Mandassaia, Contorno de São José, Seriema, e São Luiz. Obrigado aos representantes de cada localidade, aos professores, secretaria de educação, secretaria de transporte a Prefeita Dra. Lydia, a equipe da Câmara Municipal. Pode ter certeza que continuarei fazendo, pois, o sorriso daquelas crianças ficou gravado em meu peito”.

Sobre a Lei Municipal N° 366/2019, comentou: “Minha indicação hoje é para reivindicar do Poder Executivo e Secretaria de Saúde, informações sobre o cumprimento desta lei”.

 

 

O Vereador Jó Queiroz, falou sobre algumas demandas que já estão sendo acompanhadas pelo Secretário Hélio: “Então esse é o papel, de buscar soluções para os problemas da cidade”.

O edil parabenizou a Secretária de Saúde, Aitan e a todos os envolvidos na área da saúde, pelos trabalhos prestados e pela reinauguração do SEMO: “Também será realizada a reforma do Posto de Saúde do Padre Xavier e do Sacramento, entre tantas outras que serão entregues até o ano que vem”.

Sobre filas no atendimento da saúde, disse: “Não concordo com isso, mas infelizmente o que vemos em todo o Brasil são filas, eu mesmo vi semana passada, em Salvador, as 5 horas da manhã, que as pessoas já estavam esperando para pegar uma senha no hospital Aristides Maltes”.

 

 

O Vereador Nem da Pastoral, ressaltou a luta dos vereadores, principalmente os que atuam nos povoados, como o vereador Gilberto e Arivelton: “Não é fácil lutar em uma cidade com poucos recursos. Sentimos na pele a dificuldade do nosso povo. Mesmo com muitos requerimentos, o vereador tem que fazer um papel social e atender as pessoas que nos procuram. Realmente a luta não é fácil”.

Sobre a canonização da irmã Dulce, disse: “ A Santa Dulce dos Pobres foi vista por mim muitas vezes em Salvador. Foi uma mulher guerreira até a hora da sua morte. Inclusive deixou um hospital muito frequentado por todos nós aqui de Capim Grosso. Na sua juventude, pegava as pessoas doentes e levava para sua casa, era difícil para sua mãe naquela época, mas ela tinha esse dom. Estou muito feliz com o reconhecimento mundial da Irmã Dulce, que deixou um exemplo para todos nós, pois ela pensava em primeiro pensar nos outros, nunca nela”.

Sobre o Dia das Crianças, falou: Estive com minha família, e junto com a comunidade na Fazenda Junquinho, para visitar a família composta de 11 pessoas que moravam em apenas um cômodo, e graças ao mutirão, construímos uma casa digna para elas. Levamos brinquedos, sorvetes e um pouco de alegria para aquelas crianças”.

Finalizou parabenizando os professores: “Sei que não é fácil, pois sou marido de uma professora, e ser professor com os poucos recursos disponibilizados não é fácil, principalmente para os que se doam para seus alunos. Parabéns pelo dia de vocês! ”.

                                                                                                             

 

 

O Vereador Jefferson Ferreira, lembrou que neste mês é comemorado o aniversário da Constituição Federal: “É um marco regulatório, do Estado democrático de direito, que nos permite a ampla comunicação e até mesmo um posicionamento”.

O edil também citou o ‘outubro Rosa’: “Instituído pela Unesco como um mês de conscientização para ações de prevenção ao câncer de mama. Inclusive a Secretaria de Saúde do nosso município vem oferecendo algumas atividades voltadas a prevenção da doença, onde estarão sendo realizadas a ultrassonografia e os encaminhamentos para os atendimentos médicos”.

Sobre a Prefeitura Itinerante, disse: “Eu acho interessante as críticas, quando não faz tem crítica, se faz tem crítica, se faz no ano eleitoral tem crítica, e nós percebemos algumas divergências nas informações, afinal a Prefeitura Itinerante não levou médico para o Povoado do Peixe, pois lá já tem médico, que atende três vezes por semana. Se nós entendemos que tudo que for feito esse ano é pensando na eleição do ano que vem, estamos perdidos”.

Jefferson agradeceu a Secretaria de Saúde e o vice-prefeito Frank Neto pelo mutirão de castração cães e gatos: “Haverá outras ações no mês de novembro e em dezembro, e a secretária me garantiu que irá estender o serviço também para Zona Rural”.

O vereador falou sobre o ‘Dia do Professor’: “Este dia foi estabelecido em outubro de 1984. Esta é uma categoria bastante importante para a comunidade, porque ela está no alicerce da Comunidade”. Na oportunidade, homenageou uma pessoa ímpar educação Capim Grosso, a professora Leda: “Gostaria também que essa Casa oferecesse uma Moção de Aplausos, e conto com o apoio dos demais vereadores”.

 

 

O Vereador Lucas Maciel, falou sobre as comemorações realizadas no final de semana, a canonização da Irmã Dulce, a festa do dia das crianças amanhã e sobre o dia do professor: “Eu não poderia deixar de falar um pouco sobre a Irmã Dulce, dessa grande mulher que deixou importantes obras sociais. Eu lembro que minhas férias, meu pai me levava para Salvador e eu ficava naquela fila e ali eu já via o trabalho oferecido para a sociedade”.

O edil também parabenizou todos os envolvidos na organização no dia das crianças no Bairro Planaltino, que fizeram uma grande festa para centenas de crianças, com atividades recreativas, festival de cachorro quente, doces e entrega de brinquedos.

Sobre a o Dia do Professor, falou: “O professor tem que ser respeitado e incentivado. Muitas vezes é maltratado pelos próprios alunos, que precisam dele para crescer e se formar e construir uma carreira”.

Lucas reforçou o convite da Secretaria de Saúde para os

Serviços e orientações em homenagem ao outubro rosa, além de agradecer a gestão pela reforma do posto de Saúde do Semo: “Agora a unidade está com uma estrutura física adequada para receber bem a população, com profissionais capacitados”, finalizou.

 

 

 

O Vereador Jamber Dantas, falou sobre a canonização da Irmã Dulce: “Há quase 20 anos minha mãe foi diagnosticada com câncer de tireoide, raríssimo na época. Mas minha mãe se recuperou. Ela segurou firmemente na mão de Irmã Dulce e passou a ser devota. Estou emocionado, por tudo que ela fez não só pela Bahia, mas por todos aqueles que nela creem”.

O edil parabenizou a Secretaria de Saúde do Município de Capim Grosso, em nome da Secretária Aitan Guimarães e toda sua equipe, que através de seu apoio e da prefeita Dra. Lydia, foram disponibilizadas mais de 60 cirurgias de catarata: “Diminuímos a fila que há muitos anos existia em nosso município”.

Jamber lembrou da comemoração em homenagem ao Dia da Guarda Municipal, comorado no dia 10 de outubro: “Gostaria de aproveitar oportunidade e homenagear esses guerreiros e guerreiras, que colaboram diretamente com os setores de segurança de nossa cidade e na preservação dos bens públicos”.

 

 

O Vereador Antonio Martinho, falou da importância dos professores: “Minha homenagem a vocês professores, que nos ajudam a interpretar, a questionar e compreender além dos livros”.

Sobre a canonização da Irmã Dulce, disse: “A nomenclatura nesse momento para mim pouco importa, as pessoas deveriam receber homenagens ainda em vida. Tem uma frase dela, que serve para todos nós, as pessoas que espalham amor não têm tempo nem disposição para jogar pedra”.

Sobre a Semana da Criança, falou: “Eu acho que é merecedor esforço do vereador Bruno Vitor em disponibilizar recursos para homenagear as crianças, minha crítica é para a coordenação de escola, que pararam as aulas para participaram do evento”.

O edil citou a realização da castração de cães e gatos que diminuirá o número crescente desses animais em nosso município: “ Gostaria de lembrar que a ACAPA irá realizar um Bingo no próximo domingo para recolher recursos para garantir ainda mais acessibilidade garantir mãos animais de rua”.

O vereador disse ainda que tem sido muito procurado para cobranças de limpeza de aguadas: “Elas têm acontecido de forma bem mesquinha, quando pessoas chegam na secretaria ouvem diversas informações e saem chateadas”, finalizou.

 

 

O Vereador Gilberto Alves, falou de suas conquistas para o município: “Estou correndo atrás das coisas, principalmente na capital, e na oportunidade, quero agradecer o Deputado Bobô, que nos recebeu na última sexta-feira, junto com o pessoal do Sindicato de Trabalhadores Rurais, nosso presidente Godofredo e nosso amigo António de Brás”.

O edil parabenizou todas as pessoas que ajudaram a realizar o Dia das Crianças: “Parabenizo nosso presidente pelo projeto Semana da Criança, que levou alegria e diversão para as crianças da Zona Rural. E também não poderia deixar de agradecer o apoio do Secretário Ed Carlos, a Secretária Hosana na realização dos eventos para as crianças”.

 

 

O Vereador Nanal Vilas Boas, falou do Requerimento Nº 049/2019, que reivindica a renovação da pintura do piso da quadra do Bairro Novo Oeste: “Justifico pela ante aderência do piso e desde de sua inauguração, a pintura nunca foi renovada”.

Sobre a canonização da Irmã Dulce, disse: “Dalai Lama disse que a melhor religião é aquela que melhora o ser humano, e a irmã Dulce dizia que a política dela era de fazer o bem aos necessitados. Desta forma, eu me sinto lisonjeado em ser baiano, inclusive a irmã Dulce teve a indicação para receber o prêmio Nobel da Paz, em 1988, destaque de bondade em todo o mundo”.

Sobre a Prefeitura Itinerante, falou: “Na antiga Roma surgiu a política do pão e do circo, e de fato a prefeitura itinerante, ela só é realizada faltando um ano para o pleito eleitoral. Então por que não oferecer um trabalho permanente para atender as necessidades do povo? Que venha a política itinerante, mas embasada de gestão pública, não apenas para postagem de fotos nas redes sociais”.

O edil comentou sobre o pedido de uma sede para o Sindicato dos Servidores Públicos: “Fiquei pensando em uma reposta que recebi hoje do Presidente Miguel Novais, pois há anos que esse sindicato sonha com uma sede própria, inclusive em 2017 entrei com um pedido para doação de um terreno, porque entendo que a defesa do servidor público é fundamental. Mas a gestão, através de um secretário, negou o pedido. Onde já se viu uma prefeita universitária, médica, que tem amplos conhecimentos acadêmicos, misturar as coisas, é inaceitável.

 

 

O Vereador Samoel Ferreira, falou sobre a canonização da Irmã Dulce: “Quero enfatizar fiz a minha felicidade de ter uma santa baiana. A imagem daquela senhora simplesmente vai transmitir ao mundo uma pessoa que fez o bem para todos. Acompanho essa história desde pequeno e já sabia que as pessoas pediam comida e mesmo com poucos recursos e não tendo o que dar, oferecia um pouco de farinha. Por isso afirmo que, nós vereadores, secretários e prefeitos, que temos um cargo público, podemos sim fazer algo para as pessoas. Pois s Santa Dulce que não tinha construiu um dos maiores hospitais de referência da Bahia”.

Sobre o outubro Rosa, falou: “Não adianta essa campanha no Brasil, colocar lacinho rosa e quando as pessoas chegarem nos postos de saúde não conseguirem realizar os exames”.

Sobre e Prefeitura Itinerante, disse: “Alguns dias atrás vi postagem deste projeto. Mas acho que seria importante se ele acontecesse durante os quatros anos de mandato. Porque os povoados não precisam de médico só agora, não precisam só de limpeza apenas hoje. Agora faltando um ano para eleição leva todo tipo de serviço, passam os três anos dizendo que não tem como contratar médico, que estão com dificuldade, mas agora fazem mágica”, finalizou.

 

 

 

 

 

ASCOM CMV