Representantes da ACAPA vão à Câmara de Vereadores pedir apoio

Na manhã desta terça-feira, 21 de fevereiro, a Câmara Municipal de Vereadores realizou sua segunda sessão do mês. Na oportunidade, os vereadores foram prestigiados com a presença dos alunos do 5° ano matutino do Colégio Otaviano Ferreira, acompanhados das professoras Janete Almeida, Rubiana Araújo e da diretora Ângela Lima. A convite do Diretor de Cultura do Município, Denis Wilson, os alunos cantaram o Hino Nacional. Logo após, as alunas Kauane Vitor e Aline abrilhantaram a sessão lendo uma linda história.

 

Também estiverem presentes membros da ACAPA (Associação Capimgrossense de Proteção aos Animais). Marceone Silva Oliveira se emocionou quando o presidente da Câmara a convidou para fazer uso da tribuna: “Nossa maior preocupação é arrumar um local apropriado para abrigar tantos animais que estão pelas ruas da cidade. Outra prioridade é com a castração destes animais, pois só assim poderemos diminuir o elevado número de animais abandonados”.

 

Bruno Vitor anunciou que em breve a Câmara de Vereadores estará fazendo o trabalho intitulado de “Câmara de Vereadores Mirim”, onde os alunos poderão acompanhar de perto o trabalho exercido pelos vereadores, além de elegerem seus representantes.

 

 

O vereador Jefferson da Embasa falou sobre o polêmico assunto da doação de um terreno para a construção de prédio educacional. O edil explicou que a Câmara não recebeu nenhum projeto para aprovação de doação, pois o mesmo foi doado em 2012, e sim apenas para fazer uma alteração de um artigo na lei. Jefferson ainda falou sobre a importância do papel desenvolvido pela Igreja Adventista para a sociedade de Capim Grosso.

 

Arivelton Mota pediu ao Secretário de Agricultura, Ricardo Souza, a patrolagem das estradas rurais do nosso município. “Entreguei o ofício na sede da secretaria solicitando que o serviço seja realizado com o mais rápido possível”, disse o edil.

 

 

Jamber Dantas, preocupado com a saúde do município, vem buscando melhorias para os serviços oferecidos no Distrito de Pedras Altas. “Também precisamos criar uma comissão a fim de visitar as cidades vizinhas para que possamos exigir do poder público destas cidades recursos destinados à manutenção da UPA de Capim Grosso, que hoje tem um gasto muito alto com o atendimento dos moradores de fora”, concluiu o vereador.

 

O vereador Lucas Maciel foi taxativo em relação ao uso do chafariz, local onde os pipeiros abastecem seus carros. “Precisamos sensibilizar o Secretário de Agricultura para resolver definitivamente este assunto. Quero o apoio de todos os meus colegas para fiscalizarmos essa reivindicação”.

 

 

Nem da Pastoral solicitou que o Poder Executivo passe a fiscalizar e pôr em prática a lei que determina que os estabelecimentos bancários cumpram o atendimento no caixa em até 20 minutos nos dias normais: “Caso não cumpram, que a Prefeitura passe a aplicar multa nas instituições. Em conversa com a Dra.Lydia, fui informado que o chafariz passará a ter fiscais para liberarem o abastecimento de água”, afirmou o Nem.

 

O vereador Gilberto do Peixe pediu aos colegas que analisem com muito cuidado cada projeto e também solicitou a limpeza das aguadas do nosso município. “Também precisamos resolver o problema de esgoto da Rua Jacobina, pois a população não suporta mais o mau cheiro”.

 

 

Samoel Ferreira falou sobre a regulação da morte: “nós vereadores devemos nos manifestar, vamos visitar outras Câmaras e marcar uma audiência com o governador, pois estamos aqui para representar o povo e não podemos ficar de braços cruzados e não fazer nada. Outra situação vergonhosa é o abastecimento de carro pipa, afinal, água é um direito para todos. Caso não seja resolvido, irei protocolar a denúncia no Ministério Público”, afirmou Samoel.

 

O vereador Jó Queiroz pediu mais agilidade aos secretários municipais e também cobrou o resultado imediato em relação ao chafariz, local onde os donos de carros pipa abastecem seus veículos. Outro assunto levantado por ele foi sobre a iluminação pública, principalmente nos bairros mais afastados do centro.

 

 

Reinaldo Vilas Boas pediu que o presidente da Câmara de Vereadores convide o gerente do Banco do Brasil para explicar porque o mesmo vem deixando seus clientes a desejar e falou sobre a questão dos cachorros soltos nas ruas. “O mais importante para hoje é a criação do Departamento de Proteção aos Animais. Desde 2009 protocolei um projeto sobre a regulamentação dos direitos dos animais, mas que infelizmente não foi colocado em prática. Tenham certeza que durante nossa gestão faremos diferente”. 

 

O vereador Antonio Martinho falou sobre a integração da sociedade com os poderes assim como a limpeza das aguadas: “Vejo na gestora muita sensibilidade em tratar os problemas do campo, por isso precisamos priorizar a limpeza de nossas aguadas. Inclusive, aproveitar o material retirado delas para completar o aterro do estádio Franciscão”, disse Antonio. 

 

 

Fonte: ASCOM Câmara de Vereadores