Vereadores agradecem a gestão pela realização de serviço do poço artesiano da fazenda capivara

O presidente Bruno Vitor falou da obra que está sendo realizada no Bairro São Luiz: “Graças a Deus a obra está a todo vapor. Tenho acompanhado todos os dias o trabalho que está sendo feito. Quero parabenizar a empresa pelo mestre de obra, o Sr. Luiz, muito dedicado e atento aos mínimos detalhes”. O edil informou ainda que estará com a prefeita levando as demandas do homem do campo, como braços de lâmpadas e a construção da praça no Bairro José Mendes de Queiroz.

 

 

O vereador Arivelton Mota, disse estar atento aos pedidos da população e buscando soluções o mais rápido possível: “Sou muito grato a todos que me deram a chance de estar aqui representando o povo, por isso meu papel é buscar soluções para demandas que chegam até mim”.

 

 

 

O vereador Gilberto Alves, solicitou que a secretaria de urbanismo, através do departamento de iluminação pública, instale as lâmpadas na Comunidade do Peixe.  O edil agradeceu a gestão da Dra. Lydia: “Nossa prefeita vem fazendo um belíssimo trabalho em nosso município, principalmente no Povoado do Peixe. Agradeço a ela e ao secretário de finanças, Humberto Araújo por todo investimento realizado. E ao amigo Agilson, obrigado por todo trabalho que está sendo feito nas estradas vicinais”.

 

 

 

O vereador Nem da Pastoral, disse que vem acompanhando a luta de todos os colegas vereadores: “A luta é grande. Nós vereadores não criamos projetos e requerimentos, tem o dia a dia com a população mais carente e que depende muito da ajuda do poder público. Estive na zona rural e conferi que em muitas estradas o patrolamento já foi feito, assim como nos bairros da sede. É uma gestão que vem trabalhando cada dia mais”.

 

 

 

O vereador Jamber Dantas gradeceu a gestão municipal pela realização do serviço no poço artesiano da Fazenda Capivara: “As famílias da localidade estavam sofrendo com a falta d'água em suas propriedades”. O edil solicitou que o deputado Eduardo Alencar intervenha para conseguir uma peça e assim corrigir o problema no dessalinizador do poço. Jamber agradeceu a gestão pelo patrolamento das estradas da região de Varginha de Dentro e KM 2.

 

 

 

O vereador Jó Queiroz, agradeceu a gestão municipal por atender suas solicitações: “A prefeita Dra. Lydia e ao Secretário Humberto Araújo por estarem atentos as demandas da população. O povo cobra e nós cobramos da gestão, e graças a Deus os serviços estão sendo feitos”. Sobre a patrolagem no Jardim Formosa, explicou: “A máquina teve um problema no pneu, por isso p serviço atrasou, mas de lá segue para Estação da Luz, Novo Oeste e demais bairros.

 

 

 

O vereador Lucas Maciel, disse estar buscando resolver as demandas do município: “Nós como vereadores tentamos fazer essa ponte, entre o poder público e a população, para assim amenizar o sofrimento que muitas pessoas vem passando”. O edil informou ainda que, no dia 19 foi publicado no diário oficial o processo licitatório do Bairro Jardim Formosa, uma emenda parlamentar no valor de R$750 mil reais, onde 8 ruas serão contempladas com pavimentação: “É um momento de muita felicidade para esse bairro”. Finalizou agradecendo a gestão pelo patrolamento nas estradas vicinais.

 

 

 

O Vereador Nanal Vilas Boa, falou do Projeto de Lei 205, que dispõe do sobre o Programa IPTU Verde nos logradouros da sede e povoados do município, com benefício tributário no Imposto Predial e Territorial Urbano para contribuinte que plantar e ou preservar a arvore no entorno do próprio imóvel. O edil parabenizou a secretaria de obras pela execução do serviço de conexão da AV. Ayrton Senna com a Rua Rivelino, no Bairro Jardim Formosa.  Nanal repudiou a ação da polícia militar no Contorno de São José: “A polícia tem o poder de investigar e não se pode através de tortura e de opressão e pressão psicologia e física, forçar depoimentos. Uma ação aterrorizante e que amedronta a população”. 

 

 

 

O vereador Samuel Ferreira, falou sobre a taxa de iluminação: “Quando assumimos nosso mandato em 2013, o município já tinha a taxa de iluminação pública, contemplando 7 anos de arrecadação. Mas em visita na Zona Rural, encontramos lugares que ainda não foram contemplados com braços de lâmpadas, mesmo com essa taxa sendo cobrada há tanto tempo”. E fez um requerimento verbal para que esses moradores sejam contemplados. Sobre o covid-19, disse: “Recebi algumas reclamações e pedidos de ajuda para comprar os medicamentos. E acredito que a Prefeitura tem condições de dar uma ajuda para que essas pessoas que contraíram o vírus pudessem comprar esses remédios. Isso é inaceitável”.

 

 

 

ASCOM CMV