Irecê: MP lança projeto com homens autores de violência contra a mulher

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) lançou, na última quinta-feira, 10, em Irecê, o projeto 'Esperançar - Grupo reflexivo com homens autores de violência contra a mulher' para promover a responsabilização e sensibilização dos homens acerca da importância da mudança de comportamento no contexto doméstico e familiar.

De acordo com o MP-BA, o projeto é realizado em parceria com o Núcleo Especializado de Atendimento à Mulher, o Centro de Referência da Mulher (CRM), a Defensoria Pública da Bahia e a Clínica Escola de Psicologia da Faculdade Irecê (Fai). O lançamento ocorreu no Núcleo de Clínicas da FAI, localizado na Rua Rio Corumbá, em Irecê.

Segundo o promotor de Justiça Jair Antônio Silva de Lima, a proposta do projeto é que alunos do curso de psicologia realizem atendimento a agressores de crimes cometidos no âmbito doméstico e familiar, sob a supervisão de professores psicólogos.

Ele destacou que essas intervenções são importantes como forma de prevenção à violência, "uma vez que poderá auxiliar no processo de responsabilização desse sujeito e ressignificação dos modos de se relacionar, promovendo reflexões acerca da violência, e de como estes agressores são afetados pelo machismo e ideias patriarcais, ainda muito marcantes na sociedade contemporânea, que acabam por influenciar no ciclo da violência".

 

 

Fonte:  MP-BA