RJ: Mulher vai a hospital para dar à luz e volta com mão amputada

Uma mulher de 24 anos deu entrada em hospital no Rio de Janeiro para dar à luz e voltou para casa com o punho e mão esquerda amputados. A família diz que não sabe o que aconteceu e cobra explicações do hospital.

“Para mim, está sendo um recomeço. Porque eu estou me refazendo. Eu tive a minha mão por 24 anos. Fui apenas ganhar um bebê e voltar sem ela, para mim, foi um pouco estranho. Para qualquer pessoa”, disse a vítima.

Com 39 semanas de gravidez, a mulher de 24 anos deu entrada no Hospital da Mulher Intermédica de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, em 9 de outubro do ano passado.

Seu terceiro filho nasceu saudável um dia depois da entrada da mulher na unidade de saúde. A mãe, no entanto sofreu uma hemorragia e, devido a complicações, começou a receber remédios por um acesso venoso inserido no braço esquerdo. No entanto, a jovem começou a sentir fortes dores no local durante o procedimento.

Logo após o procedimento, a mão da jovem começou a ficar roxa e inchada. A piora no quadro da paciente levou o hospital a pedir sua transferência para outro hospital da mesma rede, localizado em São Gonçalo.

A família recebeu a notícia de que a mão da jovem de 24 anos teria de ser amputada três dias depois do nascimento de seu filho. O agravamento fez com que a mulher passasse 17 dias internada, longe do recém-nascido.

Sem respostas sobre as causas que levaram à amputação da mão da mulher, a família da vítima entrou com ação judicial na justiça e acredita que houve “uma sequência de erros” dos médicos.

 

 

Fonte: Metrópoles