Vereadores relatam problemas em PSFs e cobram solução da Secretaria de Saúde

Os vereadores Samoel Moto Taxi, Jó Queiroz e Lucas Maciel visitaram algumas unidades de saúde do município, como o Maximino de Souza, no Bairro Novo Oeste, onde há falta de medicamentos, a exemplo do AAS, Loratadina, Dexametasona, Ibuprofeno, Metoclorapramida gotas, Digoxina, Aminofilina, Cetozanol, Buscopam, Albendazol, Enalaprilde, Predinisona, Sulfato Ferroso, entre outros. O problema se estende ao Posto Satélite, situado no Bairro de Água Nova. Ainda nas citadas unidades, dos dois consultórios odontológicos, apenas um está funcionando e os edis encontraram vários equipamentos utilizados pelos dentistas enferrujados.

Edis fiscalizam material odontológico

Os vereadores relatam que os equipamentos são diferentes em comparação com os do Posto Médico Manoel Amâncio de Araújo, onde foram encontrados na parte de odontologia equipamentos bem armazenados e higienizados, porém também sofre com a falta de alguns medicamentos para controle do pressão, diabetes e coração.

Vereadores Lucas, Samoel e Jó Queiroz

No posto Padre Xavier, no bairro Sacramento, a situação não é diferente em relação à busca de melhorias. Falta um Sonar (aparelho que atende gestantes para medir batimentos cardíacos), fitinhas de aparelho de glicose, luvas e o Autoclave foi levado para a Upa e não retornou. A segurança do posto preocupa, pois o local é muito deserto.

A médica de plantão reclamou da falta de transporte e hospedagem assim como informou que na Unidade Satélite, localizado no Bairro São Luiz, a situação é pior. Não existem cadeiras e mesas adequadas, lugar para enfermeiros e ar condicionado. Os vereadores também identificaram que não tem balança para o programa Bolsa Família e sala de vacina.

De acordo com o vereador Samoel, as visitas foram feitas no dia 05 de janeiro e até hoje, 11, os problemas ainda não haviam sido resolvidos.