Incêndio atinge garagem da prefeitura de Capim Grosso e destrói vários veículos

 

No início da noite desta sexta-feira, 09 de setembro, um incêndio de grandes proporções atingiu a garagem municipal da Secretaria de Transporte da Prefeitura de Capim Grosso, destruindo ao menos dois micro-ônibus e mais dois veículos.

O incêndio só não teve uma destruição maior porque populares e funcionários da prefeitura agiram rápido para controlar as chamas, jogando terra e água, mesmo assim o prejuízo para o município é muito grande, além disso pessoas que se empenharam na contenção do incêndio acabaram passando mal e foram socorridas para UPA, ainda não se sabe o estado de saúde dos mesmo.

A Secretaria de Saúde informou que ao todo trezes pessoas precisaram de atendimento, seis delas foram transferidos para o Hospital Clériston Andrade, na cidade de Feira de Santana, onde passaram por avaliações e ficaram em observação.  Outros seis pacientes ficaram em observação na UPA, a informação que alguns já foram liberados.

Foram transferidos para Feira de Santana: Abmael Souza Santos(Bima), Genailson Magno Silva dos Santos(Magno Segurança), Gildo Silva de Oliveira, Israel de Aquino Santos, Danilo Magalhães Góis e Lincoln de Oliveira Araujo.

O secretário de Transporte, Edimário Rosário Coutinho, também foi intoxicado mas não precisou de transferência ficou em observação na UPA.

A Prefeitura emitiu um informativo através de suas redes sociais, disse que vai esperar uma perícia para identificar as causas do incêndio.

Confira nota da Prefeitura de Capim Grosso

 A Prefeitura Municipal de Capim Grosso informa que no início da noite dessa sexta-feira (09), um incêndio atingiu a garagem da Secretaria Municipal de Transportes. Quatro veículos foram queimados, sendo dois micro-ônibus escolares, uma van e um Fiat uno.

O fogo foi contido por funcionários da prefeitura e populares, utilizando carros pipas e extintores, em uma ação digna de reconhecimento pelo esforço em defesa do patrimônio público.

A Prefeitura vai esperar a perícia técnica para se manifestar sobre o que levou ao início do incêndio.

Redação FR Notícias Foto: ASCOM PMCG