Coité: bandidos invadem salas de aula e roubam cerca de 40 celulares

A vulnerabilidade nas escolas públicas está cada vez maior, estudantes em Conceição do Coité têm sido assaltados ao chegar e ao deixar as escolas, principalmente quando o Governo do Estado, no ano passado cancelou o contrato com seguranças que trabalhavam nas escolas.

Na noite desta segunda-feira, 06, dois bandidos encapuzados saltaram o muro e chegaram numa sala de aula anunciando o assalto. Segundo uma professora, a dupla chegou na primeira sala do 3º ano do Ensino Médio e disse que queria o celular de todos e pediu que se mantivessem em silêncio, pois, estariam indo a sala vizinha 2º ano, pegar mais celulares. “Ele disse que se alguém fizesse algum gesto que chamasse atenção voltaria para atirar em gente. Eu pedi aos alunos para manterem a calma e felizmente não retornaram para fazer o pior”, contou a professora.

O Colégio Olgarina Pitangueira Pinheiro é o segundo maior de Conceição do Coité, antes tinha segurança, mas com a decisão do governo de encerrar o contrato com as empresas de segurança deixou professores e alunos correndo perigo. O mais grave é que na ocasião da suspensão dos contratos, o governo disse que investiria na segurança eletrônica e haveria rondas policiais constantes, mas, na pratica isto não vem acontecendo.

Estima-se que mais de 40 celulares foram roubados em duas turmas que somam cerca de 65 alunos. A escola tem porteiro, mas os bandidos pularam o muro e depois de saquearem as duas salas provavelmente retornaram pelo mesmo local.

Está não foi a primeira vez que bandidos agiram dessa forma, ano passado um grupo de alunos teve a mesma infelicidade.

 

Fonte: Calila Noticias