Médicos do Hospital Regional de Jacobina pedem demissão coletiva

Nesta sexta-feira, 28 de outubro de 2022, a população de Jacobina foi surpreendida com uma carta de pedido de demissão coletiva dos médicos do Hospital Municipal Regional Vicentina Goulart.

O documento assinado por 20 profissionais informa que estarão trabalhando ainda até o dia 27 de novembro de 2022, sendo encaminhado inclusive ao Dr Otávio Marambaia dos Santos, presidente estadual do Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb).

Os médicos relatam inclusive a insatisfação pela falta de boas condições de trabalho, desorganização administrativa e atrasos constantes nos salários.

O documento foi enviando também para o Instituto Vida Forte que acabou de assumir a gestão do hospital e a Secretaria Municipal de Saúde.

 

 

Fonte: Augusto Urgente